Clínica Contato - Página Inicial

Artigo de FONOAUDIOLOGIA

Fala elado... Fique de orelha em pé!

Você já ouviu alguém falando errado? Trocando um som pelo outro? Trocando letras, sílabas, articulando mal ou falando igual ao Cebolinha? Acho que sim, não é? Todos nós já ouvimos uma pessoa próxima ou mesmo um desconhecido que não fala corretamente, não articula ou combina bem os sons, o que torna sua fala difícil ou impossível de entender. Em alguns casos o resultado soa até engraçado. Quando crianças, aprendemos a articular os sons e combiná-los de forma contrastiva para que possamos produzir as palavras com significado correto. Também é necessário aprender a interligar os traços de voz, ponto,modo articulatório e seguir as regras da língua para organizar as palavras e frases. Durante esse processo, as crianças usam de estratégias de simplificação da fala adulta para, gradativamente, ir vencendo as dificuldades impostas pelo aprendizado de uma língua. Por exemplo, algumas crianças simplificam a palavra blusa dizendo “busa”, ou “alala” por arara, “tassou ”por cachorro. Stampe (1973) chamou essas estratégias de “processos fonológicos”. São processos naturais e inatos e estão presentes durante o desenvolvimento normal da fala. Quando esses processos persistem na fala, além da idade esperada, eles passam a ser sintomas de desvios ou distúrbios fonológicos.

Crianças ou adultos que falam errado devem procurar um fonoaudiólogo e fazer uma avaliação. Esses problemas podem e devem ser tratados. Falar errado pode causar constrangimento e dificuldades na comunicação. Procure um fonoaudiólogo! Quem não se comunica.....pode ser ajudado por especialistas!

Autor(a): www.fonoque.com - 09/05/2012

Artigos relacionados a FONOAUDIOLOGIA

Rua Fernando Simas, 221 - Bigorrilho CEP 80430-190 - Curitiba / PR Fone: (41) 3234-1616
Todos os direitos reservados a Clínica Contato - 2017.Desenvolvido por VISÃO 3